Festas e modelos, jornal paraguaio revela prisão “agitada” de Ronaldinho Gaúcho

Fontes revelaram que o ex-jogador sempre recebe mulheres em seu quarto

A prisão domiciliar de e seu irmão, Roberto de Assis, no Paraguai tem sido agita, com supostas festas e visitas de modelos conforme publicações feitas pela impressa local.

O ex-jogador e o irmão foram presos no país vizinho no dia 6 de março, após o pagamento de uma fiança no valor de 1,6 milhões de dólares os dois foram transferidos da penitenciária para um hotel de luxo, onde cumprem prisão domiciliar.

Conforme publicou o jornal Extra, a prisão domiciliar está longe de ser solitária, isso porque, de acordo com o jornal paraguaio Hoy, os dois receberam visitas de modelos e já deram até festas no local.

“Tem dias que chegam pelo menos duas mulheres. Parecem ser modelos, estão sempre bem produzidas. Chegam em carros luxuosos; as que são conhecidas entram diretamente pelo estacionamento e as que são desconhecidas pela porta da frente do hotel. Depois o carro vem buscá-las”, relatou uma fonte ao jornal Hoy.

Ronaldinho e seu irmão foram detidos no Paraguai acusados de terem entrado no país utilizando supostos passaportes falsos. Em abril, um mês após a prisão, os dois foram transferidos para o hotel, onde eram os únicos hospedados por conta das restrições impostas durante a pandemia causada pelo coronavírus.

Festas e modelos, jornal paraguaio revela prisão “agitada” de Ronaldinho Gaúcho
Mais notícias