Explosão em área portuária danificou palácio presidencial no Líbano

Pelo menos 400 pessoas foram resgatadas e encaminhadas para os hospitais da cidade

A grande explosão causada por um incêndio em um armazém que continha fogos de artifícios próximo à área portuária na cidade de Beirute, capital do Líbano, nesta terça-feira (4), chegou a danificar o palácio presidencial, conforme as mídias libanesas.

Segundo a NNA, agência de notícias libanesa, a explosão ganhou grandes proporções com sua onda de choque e por isso, chegou até o Palácio Baabda, residência oficial do presidente libanês, Michel Aoun.

Ainda conforme a agência de notícias, o palácio teve as janelas dos corredores, entradas e salões destruídas. “Portas e janelas em várias alas do palácio foram deslocadas”, informou o jornal, que acrescentou que ninguém ficou ferido.

400 feridos

De acordo com as informações das enfermeiras Alessanda Massi e Nada AlThaer, que conversaram com a rede de televisão , cerca de 400 pessoas ficaram feridas com a explosão e foram encaminhadas para os hospitais da região de Beirute.

Explosão em área portuária danificou palácio presidencial no Líbano
Mais notícias