EUA aumentam vigilância em aeroportos após vírus na China

Preocupação é com infecções causadas pelo coronavírus

Autoridades americanas do setor da saúde estão incrementando as verificações de viajantes por causa da possibilidade de infecção pelo coronavírus, possível causador de um surto de pneumonia na cidade chinesa de Wuhan.

Os Centros para Prevenção e Controle de Doenças informaram que a partir de 17 de janeiro estão sendo implementadas verificações mais rigorosas em três aeroportos internacionais do país (Nova York, São Francisco e Los Angeles). As autoridades estão concentrando os esforços em passageiro que chegam por meio de voos diretos ou de conexões com origem em Wuhan.

Milhões de chineses vão viajar durante a semana de feriados do Ano Novo Lunar, que tem início no dia 24 de janeiro, sendo que a previsão é de que muitos deles estejam  seguindo para os Estados Unidos.

Autoridades do órgão americano dizem acreditar que mais de 5 mil pessoas serão submetidas à verificação mais detalhada nesses três aeroportos.

EUA aumentam vigilância em aeroportos após vírus na China
Mais notícias