Estados Unidos ultrapassam 150 mil mortes por covid-19, diz CDC

O país já ultrapassa os 4,4 milhões de casos confirmados

Os Estados Unidos registraram nesta quinta-feira (30) 150.283 mil mortes pelo novo coronavírus. São 65.935 novas contaminações e 1.417 óbitos nas últimas 24 horas segundo o Centro de Controle de Doenças americano (CDC, na sigla em inglês). O país já ultrapassa os 4,4 milhões de casos confirmados.

Segundo levantamento realizado pelo jornal britânico The Guardian, a Espanha registrou o maior número de casos desde que o bloqueio nacional foi suspenso no país em 21 de junho, com 1.229 novas infecções por coronavírus registradas hoje – ultrapassando os 1000 casos de covid-19 confirmados pelo segundo dia consecutivo. Segundo o , o país registra total de 282.641 casos confirmados e 28.441 mortes.

Na Itália, o tem registrado um aumento progressivo no número de casos. Com 289 novos casos relatados na quarta-feira e 386 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas, o número total de casos de coronavírus na Itália é de 246.776 mil, com 35.132 mortes.

O da Polônia espera “altos números” de novos casos de covid-19 nos próximos dias, após ter registrado hoje o maior aumento no número diário de contaminações, com 615 novos casos. O país registrou total de 45 031 infecções e 1.709 mortes pelo novo coronavírus desde o começo da pandemia.

Dados coletados pela Johns Hopkins mostram que, em todo o mundo, os casos de covid-19 ultrapassaram a marca de 17 130.295. Já as mortes são mais de 669.160.

Ainda de acordo com a Johns Hopkins, países que registram maior número de infecções por covid-19 em números absolutos, após os EUA, são o Brasil (2.552.265), Índia (1.582.028), (832 993) e África do Sul (471.123).

Estados Unidos ultrapassam 150 mil mortes por covid-19, diz CDC
Mais notícias