Em apenas 3 meses, número de mortos por coronavírus se aproxima ao da pandemia de H1N1

Dados da OMS mostram que já são 14.662 mortos por Covid-19; entre 2009 e 2010, H1N1 matou 15.174

Após apenas três meses em que foi observado o início do surto de coronavírus, o número de mortos registrados em todo o mundo pela doença causada pelo Covid-19 já se iguala às mortes registradas em um ano na pandemia do H1N1, a gripe suína. Os números são da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo dados oficiais do órgão ligado às Nações Unidas (ONU), já foram registradas até hoje 14.652 mortes por coronavírus em todo o mundo, com 334.981 pessoas infectadas em 189 países. Durante a epidemia de H1N1, a OMS estima que houve pelo menos 15.174 mortes entre o começo de 2009 e janeiro de 2010, em 211 países.

Ontem, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse em uma coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça, que “quase todos os países do mundo já registraram coronavírus e a pandemia está acelerando”. 

Ghebreyesus destacou que foram necessários 67 dias entre o registro do primeiro caso e que se chegasse a 100 mil casos da doença, 11 dias para que se atingisse a marca de 200 mil “e apenas 4 dias” para ela superar os 300 mil infectados.

Nesse contexto, a OMS insistiu na necessidade de se respeitar orientações como lavar correta e frequentemente as mãos e manter isolamento social.

 

Mais notícias