Criança morre de coronavírus na Bélgica e se torna mais jovem vítima da pandemia na Europa

Menina de apenas 12 anos é a primeira criança a morrer na Bélgica desde a chegada do Covid-19 ao país

O governo da Bélgica informou hoje (31) que uma menina de apenas 12 anos se tornou a mais jovem vítima do coronavírus na Europa, após apresentar quadro de três dias de febre, de acordo com a agência de notícias Folha Press.

Segundo a reportagem, Steven Van Gucht, que coordena a equipe científica de combate à pandemia no país, disse que a criança piorou abruptamente após o período em que apresentou febre. O teste para coronavírus deu positivo. O governo não informou o nome da menina, a cidade em que ela estava nem se ela tinha outros problemas de saúde.

“Pessoas de todas as idades podem ter complicações, ainda que elas sejam mais raras entre os mais jovens. Cada caso precisa ser tratado individualmente”, afirmou Van Gucht.

Foi a primeira morte de uma criança na Bélgica desde que o coronavírus foi detectado pela primeira vez, em 3 de fevereiro.

Ainda de acordo com a Folha Press, até esta terça, a pessoa mais jovem a morrer na Europa por causa do coronavírus era Vitor Godhino, 14, de Porto, em Portugal, que morreu no domingo (29).

Criança morre de coronavírus na Bélgica e se torna mais jovem vítima da pandemia na Europa
Mais notícias