Coronavírus: Rússia é o 1º país a registrar vacina, diz Putin

A filha do presidente testou a imunização e passa bem

O presidente russo, Vladimir Putin, disse hoje (11), em uma reunião com  autoridades de seu país, que a é a primeira nação a registrar uma vacina contra o coronavírus.

“Até onde eu seu, esta manhã, pela primeira vez no mundo uma vacina contra o coronavírus foi registrada”, disse o presidente. “Eu sei disso muito bem, porque uma das minhas filhas foi vacinada”. Ele observou que  após a primeira aplicação, sua filha apresentou uma febre de 38º C e, no dia seguinte, uma febre um pouco mais baixa, de 37º C. “E então, após a segunda dose, ela teve uma leve febre de novo, e então tudo ficou bem, ela passa bem e tem uma alta contagem de anticorpos”, informou o presidente.

Ele notou que “algumas pessoas não apresentam nenhum sintoma”, após a vacinação.

Mais cedo, o ministro da Saúde afirmou que os testes clínicos da imunização desenvolvido pelo Centro de Pesquisas para Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya acabaram. Os russos planejam começar a vacinar a população em 1º de janeiro de 2021.

Coronavírus: Rússia é o 1º país a registrar vacina, diz Putin
Mais notícias