Coronavírus: Rússia deve realizar vacinação em massa no começo de 2021

Até o momento, 818.120 casos de covid-19 foram confirmados no país

O presidente da Russa de Ciências,  Alexander Sergeyev, disse que o país estará pronto para vacinar a população em grande escala contra o coronavírus já no começo de 2021. Ele ponderou, no entanto, que levará tempo até que a eficácia da imunização em desenvolvimento seja propriamente mensurada. De acordo com Sergeyev, que os anticorpos induzidos pela vacina devem ser monitorados por seis meses.

“Quando falamos em vacinação em massa da população, sobre dezenas de milhões de doses da vacina, obviamente, levaremos tempo”, explicou o cientista á agência de notícias russa Tass. “Eu diria que, se tudo der certo, como nós e grandes empresas em outros países planejamos, a vacina será possível no começo do próximo ano”, acrescentou.

Até o momento, 818.120 casos de infecção por coronavírus foram confirmados na . 13.354 pessoas morreram de covid-19 no país e mais de 600 mil foram recuperadas. (Com agências internacionais)

Coronavírus: Rússia deve realizar vacinação em massa no começo de 2021
Mais notícias