Cometa que foi descoberto há dois anos é visto a caminho da Terra

Mesmo que esteja na rota, o cometa não representa perigo ao planeta

Um velho conhecido no mundo astronômico deverá estar se aproximando da Terra e estar ao lado do Sol em meados do mês de dezembro de 2022. Trata-se do cometa C/2017 K2, que foi descoberto há dois anos e foi visto por um astrônomo entre os dias 23 e 24 de maio.

O astrônomo Con Stoitsis observou o cometa na galáxia e em suas redes sociais, descreveu o cometa como “um gigante muito ativo e brilhante”, mesmo que esteja numa distância de 1,5 bilhão de quilômetros do Sol.

Mesmo que ele esteja se aproximando, a Associação Paraibana de afirmou que não há chances de o cometa atingir o Sol ou à Terra, por exemplo. O único risco é que ele poderá ser visto como um espetáculo nos céus no segundo semestre de 2022.

Chamado de C/2017 K2, o cometa foi descoberto em 2017 e fotografado pelo Telescópio Espacial Hubble. Naquele ano, ele estampou diversas manchetes por ser uma novidade até então, isso porque era o mais distante do Sol que um cometa já havia sido visto exibindo sua cauda.

Embora tenha sido uma grande novidade o cometa ter sido visto, este ano é considerado um dos mais decepcionantes para a observação deles. Nos últimos meses, os cometas Atlas — que se desintegrou — e o Swan, que passou recentemente pelo sistema solar, não representaram grandes fenômenos.

Cometa que foi descoberto há dois anos é visto a caminho da Terra
Mais notícias