Cientistas acreditam terem descoberto a cura do envelhecimento

Participantes dos testes passaram três meses realizando sessões em uma câmera de alta pressão de oxigênio

Cientistas israelenses alegam ter descoberto uma possível cura para o envelhecimento. Apesar de animadora a descoberta não se trata de ficar mais jovem e ainda precisa de muita pesquisa para ser confirmada como exata.

Os pesquisadores avaliaram 27 pacientes e acreditam terem descoberto uma cura para o envelhecimento celular.

Esses pacientes passaram três meses realizando sessões diárias em uma câmera de alta pressão de oxigênio. Como resultado: uma reversão no envelhecimento celular de 20%.

Conforme publicado no site especializado Só Cientifica, as estáticas podem estar distorcidas por conta do baixo número de participantes, mas caso os dados se confirmem, um possível tratamento para o envelhecimento pode ser real.

Para explicar melhor, os pacientes não saíram das câmaras de oxigênio 20% mais novos ou então 20 anos mais novos.

O que realmente ocorreu é que as células dessas pessoas ficaram semelhantes ao que eram quando mais novas.

Por conta disso, os cientistas acreditam que podem ter feito uma grande descoberta a caminho da cura do envelhecimento.

Cientistas acreditam terem descoberto a cura do envelhecimento
Mais notícias