Boris Johnson entra em isolamento após contato detectado por app de rastreio

O primeiro-ministro britânico terá que ficar em isolamento profilático

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson terá que permanecer em isolamento profilático depois de ter sido detectado um contato com um caso positivo, confirmou neste domingo o governo da Grã-Bretanha. O alerta foi dado pela aplicação de rastreio do serviço nacional de saúde britânico (NHS), segundo o The Guardian.

Johnson se reuniu com um pequeno grupo de deputados durante cerca de meia-hora na quinta-feira (12), incluindo o deputado de Ashfield, Lee Anderson, que, posteriormente, desenvolveu sintomas da doença e testou positivo. Segundo a Reteurs o primeiro-ministro se encontra “bem” e “não tem sintomas de ”.

“Vai continuar a trabalhar a partir de Downing Street, incluindo na gestão da resposta do governo à pandemia do novo coronavírus”, indicou um porta-voz do governante. A declaração não revelou por quanto tempo Boris Johnson planeja estar isolado, mas a orientação das autoridades de saúde do Reino Unido é que qualquer pessoa contactada pelo sistema deve ficar em quarentena durante 14 dias.

Boris Johnson entra em isolamento após contato detectado por app de rastreio
Mais notícias