A 12 dias de eleição, Trump e Biden se enfrentam no último debate

Republicano e democrata vão discutir temas determinados em uma hora e meia

Os dois principais candidatos à presidência dos Estados Unidos se enfrentam nesta quinta-feira (22) no último debate. Faltando 12 dias para a eleição, (R) e (D) se encontram esta noite em Nashville, no estado do Tennessee.

Diferentemente do Brasil, os debates presidenciais não são organizados por emissoras de TV ou organizações privadas, mas sim por uma comissão formada por membros dos partidos Democrata e Republicano e patrocinada por empresas. Dessa forma, todas as redes de televisão transmitem o mesmo encontro.

No debate de hoje, o atual presidente e o ex-vice-presidente vão discutir temas selecionados por uma hora e meia, sem intervalos. Cada segmento tem 15 minutos de duração.

Os temas são “Combatendo a ”, “As famílias americanas”, “A campanha nos Estados Unidos”, “Mudanças Climáticas”, “Segurança Nacional” e “Liderança”. Essa é a ordem divulgada pela comissão, portanto, não significa que será assim durante o debate.

A mediação é da jornalista Kristen Welker, da NBC. Desta vez, a organização vai cortar o microfone de um candidato quando o outro estiver falando.

Apesar disso ser comum no Brasil, essa regra não existia antes. Devido às interrupções constantes no primeiro debate, no dia 15, a comissão anunciou esse novo formato.

O debate começa às 21h, no horário de Mato Grosso do Sul. As emissoras GloboNews, CNN Brasil, BandNews e Record News transmitem pela TV por assinatura, seus respectivos sites e pelo YouTube.

A eleição presidencial ocorre em 3 de novembro. O voto não é obrigatório nos Estados Unidos, e pode até ser feito pelo correio ou por antecipação em alguns estados. Mas a decisão de quem deve ocupar a Casa Branca nos próximos quatro anos não é da população.

O Colégio Eleitoral é formado por 538 delegados, esses sim eleitos pelo voto. Cabe a eles decidir quem será o presidente. Quem obtém a maioria simples, de 270 votos, é o vencedor.

Ainda assim, é possível perder na votação popular e vencer no Colégio Eleitoral. Isso já aconteceu cinco vezes, sendo a última justamente em 2016, quando Trump superou Hillary Clinton apenas entre os delegados.

A 12 dias de eleição, Trump e Biden se enfrentam no último debate
Mais notícias