Trump quer identidade de acusador e sugere consequência a suposta espionagem

Ele também afirmou que o presidente da Comissão de Inteligência da Câmara dos Deputados americana deve ser interrogado por fraude e traição

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na noite deste domingo que quer conhecer a identidade de seu denunciante, e sugeriu “grandes consequências” caso tenha sido alvo de espionagem. Ele também afirmou que o presidente da Comissão de Inteligência da Câmara dos Deputados americana, o democrata Adam Schiff, deve ser interrogado por fraude e traição

Em sua conta no Twitter, Trump também declarou que deseja saber a identidade de quem teria fornecido informações de “segunda e terceira mão”, que estariam incorretas, ao denunciante.

“Esses esquerdistas radicais estão causando grandes danos ao nosso país”, afirmou o republicano, na rede social. “Eles estão mentindo e trapaceando como nunca antes, a fim de desestabilizar os Estados Unidos a as eleições de 2020”, completou.

Donald Trump enfrenta o início de um processo de impeachment, baseado na denúncia de que o presidente americano teria pedido ao presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para investigar o ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden e seu filho, em troca de US$ 250 milhões em ajuda militar. Biden é pré-candidato democrata à Casa Branca, nas eleições de 2020.

Mais notícias