Promotoria da Bolívia pede ordem de prisão contra ex-presidente Evo Morales

A Promotoria de La Paz solicitou nesta quarta-feira uma ordem de prisão contra o ex-presidente Evo Morales. Ele é acusado pelos delitos de sedição e terrorismo. Atualmente, o político está refugiado na Argentina, após ter saído do posto em meio a uma onda de protestos.

Com base nessa ordem, a polícia deve cumprir o requerimento judicial, afirmou o coronel-major Luis Fernando Guarachi, chefe da polícia anticrime da capital boliviana. Guarachi falou em entrevista à emissora de televisão Unitel.

Ministro do Governo, Arturo Murillo apresentou há alguns dias uma demanda penal contra Morales, acusando-o de promover violentos enfrentamentos que deixaram 35 mortos. A acusação é baseada em um áudio no qual supostamente se escuta o ex-presidente ordenando que se resistisse e também por um cerco nas cidades a fim de derrubar a presidente interina Jeanine Áñez Fonte: Associated Press.

Promotoria da Bolívia pede ordem de prisão contra ex-presidente Evo Morales
Mais notícias