Publicidade

Principal oleoduto da Colômbia é alvo de ataque com explosivos

A petroleira estatal colombiana Ecopetrol informou nesta terça-feira que houve um novo atentado com explosivos contra o principal oleoduto do país. O ataque provocou um derramamento de óleo, mas não causou vítimas.

O episódio ocorreu na tarde da segunda-feira no oleoduto Caño Limón-Coveñas, perto de Saravena, departamento (Estado) de Arauca, no leste colombiano, mas por questões de segurança os operários da Ecopetrol somente puderam chegar nesta terça-feira para reparar o trecho afetado. O bombeamento de petróleo no oleoduto está suspenso.

O duto de 780 quilômetros leva cerca de 80 mil barris de petróleo desde os campos na fronteira com a Venezuela até a costa do Caribe. Ele já sofreu dez ataques neste ano e, em 2018, foi alvo de outros 89 atentados.

As autoridades locais atribuíram o ataque ao grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN). O presidente colombiano, Iván Duque, afirmou recentemente que a escalada violenta do ELN demonstra que o grupo insurgente não tem vontade de chegar à paz O diálogo com o grupo está suspenso. Fonte: Associated Press.

Mais notícias