Após ser chamada de pirralha por Bolsonaro, Greta Thunberg responde com ironia

Ativista mudou descrição no Twitter logo após repercussão de ofensa proferida pelo presidente brasileiro

A ativista suiça Greta Thunberg respondeu com ironia a ofensa dispensada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que mais cedo chamou a ativista de “pirralha”. Greta respondeu a ofensa apenas mudando sua biografia na rede social Twitter, que agora ostenta apenas a palavra “pirralha”, escrita no idioma português.

Thunberg, que tem 16 anos, tem mais de três milhões de seguidores no Twitter e até o momento esta foi sua única manifestação. No domingo (8), a jovem denunciou que a morte de indígenas no Maranhão estava relacionada ao desmatamento e grilagem de terras tradicionais no Brasil.

Já Bolsonaro fez a citação à ativista em rápida entrevista na saída do Palácio do Planalto nesta terça (10). “Qual o nome daquela menina lá? De fora, lá? Greta. A Greta já falou que os índios morreram porque estavam defendendo a Amazônia. É impressionante a imprensa dar espaço para uma pirralha dessa aí. Pirralha”, disse Bolsonaro.

Mais notícias