Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Presidente da igreja mórmon, Thomas S. Monson, morre aos 90 anos

Profeta prestou serviço por cinco décadas 

O 16º presidente da igreja Mormon, Thomas S. Monson, morreu aos 90 anos em sua casa no estado norte-americano de Utah, na terça-feira (2). A religião é considerada uma das mais ricas e com crescimento mais rápido do mundo.

Ele passou mais de cinco décadas prestando serviço para os principais conselhos de liderança da igreja – tornando-se um rosto bem conhecido para várias gerações de mórmons. Seu predecessor, Gordon Hinckley, morreu aos 97 anos no final de 2007, segundo a Reuters.

Monson nasceu em Salt Lake City, tornou-se o mais jovem apóstolo da igreja, aos 36 anos, em 1963. Ele foi conselheiro de três presidentes da igreja antes de assumir o papel de líder principal da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em fevereiro de 2008, de acordo com a Associated Press.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias –como a religião é conhecida oficialmente– tem cerca de 15,8 milhões de membros por todo mundo, dos quais mais da metade mora fora dos Estados Unidos, o país de origem da religião.

O seu sucessor não foi imediatamente nomeado, mas a expectativa é a de que assuma Russell M. Nelson, que é o membro mais antigo do Quórum Governante dos Doze Apóstolos, seguindo protocolo da igreja.