Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Call center é acusada de pagar 33 centavos a funcionários

O caso já foi denunciado ao Ministério Público

Um call center com sede em Lecce e em Bari, na Itália, estaria explorando seus funcionários, segundo uma denúncia registrada pela União dos trabalhadores de Comunicação (SLC).

Um funcionário disse ter recebido um salário mensal de 92 euros (cerca de 33 centavos de uros por hora). A empresa costumava descontar da folha de pagamento toda vez que um funcionário usava o banheiro.

O caso já foi denunciado ao Ministério Público de Taranto, ao Ministério Público e à Prefeitura, que obrigaram a empresa a mudar os contratos de trabalho.

“Em 20 dias de trabalho, eu teria que receber 600 euros, mas em vez disso, recebi apenas 92 euros”, disse um funcionário, cujo contrato inicial previa 6,51 euros por hora, em uma jornada de 6 horas diárias.

 

Você pode gostar também