Ativistas protestam pelo fim do racismo nos Estados Unidos

Protesto aconteceu de forma pacífica

Ativistas norte-americanos se reuniram no último sábado (11) para manifestarem contra o em Washington, nos . A marcha aconteceu de forma pacífica, até a , onde os manifestantes ergueram faixas contra o .

A foi uma ‘resposta’ ao violento que aconteceu em Charlottesville no ano passado, por supremacistas brancos.

No twitter, Donald Trump afirmou que a violência empregada durante a de Charlottesville causou mortes sem sentido. “Precisamos nos unir como nação. Condeno a todos os tipos de e atos de violência. Paz para todos os americanos”, disse o presidente dos .

em Charlottesville

No ano passado, um grupo de ultranacionalistas fizeram uma contra gays, negros, imigrantes e judeus. A recebeu o nome de “União da Direita”. Durante o 33 pessoas ficaram feridas.

Depois que a polícia conteve os manifestantes, um dos simpatizantes atropelou um grupo de ativistas, deixando um morto e 19 feridos.

 

Ativistas protestam pelo fim do racismo nos Estados Unidos
Mais notícias