Peru já tem mais de 120 mil afetados por inundações, além de 90 mortos

Feridas já são cerca de 347

O número de mortos no Peru pelas inundações subiu para 90 nesse sábado (25), enquanto 20 pessoas permanecem desaparecidas e o total de afetados chegou a 120.899, conforme o último relatório entregue pelo ministro da Defesa peruano, Jorge Nieto. As informações são da agência EFE.

Segundo ele, o somatório de pessoas atingidas de alguma maneira pelo fenômeno do 'El Niño costeiro' já chega a 742.101, sendo que 347 estão feridas.

De acordo com dados do Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN) citados pelo ministro, as intensas chuvas e transbordamentos de rios deixaram 14.301 casas e 40 escolas destruídas.

Em declarações a "RPP Noticias", Nieto disse que "os voos civis não foram suspensos" para poder tirar a população das zonas afetadas em aeronaves da Força Aérea. No entanto, indicou que parte dos voos tem que ser utilizados para transportar produtos agrícolas, a pedido dos governadores, perante o desabastecimento provocado pela emergência climática.

Nas cidades de Tumbes e Piura, duas das mais atingidas pelas tempestades, a produção agrícola está estragando, e, se não for transferida a tempo, irá gerar problemas econômicos para os produtores dentro de máximo três meses, afirmou Nieto.

 

Mais notícias