Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

Parlamentares enviam ao Congresso pedido de cassação do presidente do Peru

Pedido foi feito após escândalo envolvendo presidente e Odebrecht

Um grupo de parlamentares de várias bancadas enviou nesta sexta-feira (15), ao Congresso do Peru, um pedido para que o presidente do país, Pedro Pablo Kuczynski, seja cassado devido ao escândalo de propinas que teria recebido da Odebrecht. A informação é da agência EFE.

Chamado de “moção de vacância”, o pedido visa a declaração de “permanente incapacidade moral” de Kuczynski e sua imediata saída do cargo, segundo a emissora estatal “TV Perú”.

A solicitação deverá ser aceita pelo Congresso em plenário e depois ser submetida a votação em outra sessão, após argumentação de Kuczynski.

Em pronunciamento transmitido pela TV ontem (14), ao lado de integrantes de seu gabinete e parlamentares de seu partido, Kuczynski disse que não renunciará por conta do escândalo envolvendo pagamentos feitos pela empreiteira brasileira Odebrecht há cerca de uma década para um empresa que ele controlava na época em que ocupava um cargo público.

Você pode gostar também