MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

VÍDEO: Moradores da Bahia viralizam lobisomem supostamente capturado pela PM

A apreensão de um suposto lobisomem pela Polícia Militar de Salvador, na Bahia, ganhou força nas redes sociais desde sexta-feira (12)

Carlos Yukio Publicado em 15/03/2021, às 10h40

None
VÍDEO: Moradores da Bahia viralizam lobisomem supostamente capturado pela PM

A apreensão de um suposto lobisomem pela Polícia Militar de Salvador, na Bahia, ganhou força nas redes sociais desde sexta-feira (12) e confundiu e assustou muitos internautas. O vídeo compartilhado na web e que viralizou mostra a criatura capturada e  de “joelhos” dentro de uma sala e emitindo um som animalesco. Entretanto, a filmagem é antiga e foi usada erroneamente.

De acordo com a mensagem que circula na internet, a apreensão do animal teria sido feita pela 3ª Companhia Independente da Polícia Militar da Bahia, e acontecido na noite de quinta-feira (11), na estrada do Coqueiro Grande, no bairro de Cajazeiras, em Salvador. A informação não checada viralizou no WhatsApp e chegou a ter mais 40 mil visualizações no Youtube em 2 dias.

“No horário e local supracitados, a guarnição a bordo da VRT R-0101 realizava rondas ostensivas quando ao transitar pela via foi contactada via rádio pela CICOM dando conta de indivíduo/animal solto na via, assustando e ameaçando transeuntes. Após primeira tentativa de verbalização foi percebido que se tratava de animal folclórico conhecido popularmente como “lobisomem”, após uso diferenciado e progressivo da força foi feita imobilização do mesmo pelos milicianos e tendo condução feita à 13 DT”, descreve a fake news.

Obviamente, a imagem não é de um lobisomem da vida real, e sim de trecho dos bastidores da gravação “Pampa Feroz”, uma das histórias que compõem o longa-metragem “As Fábulas Negras“, em 2014. Segundo o site TNH1, o filme foca nos causos trash do folclore nacional. O longa do diretor Petter Baiestorf foi sobre um lobisomem à solta no meio da roça. Um ator estava com a fantasia do bicho no momento da filmagem representando a figura assustadora do folclore brasileiro.

Jornal Midiamax