MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

Twitter anuncia Super Follow com assinatura para pagar por tweets

Após meses estudando um modelo de assinaturas para aumentar as fontes de lucro da plataforma, o Twitter anunciou, nesta quinta-feira (25), um recurso chamado Super Follow. De acordo com o site Tecno Blog, a ideia é que os usuários da rede social possam cobrar de seus seguidores o acesso a conteúdo extra. Além dessa novidade, a empresa também está […]

Nathália Rabelo Publicado em 25/02/2021, às 19h15

Twitter anuncia novos serviços (Foto: Reprodução/Twitter)
Twitter anuncia novos serviços (Foto: Reprodução/Twitter) - Twitter anuncia novos serviços (Foto: Reprodução/Twitter)

Após meses estudando um modelo de assinaturas para aumentar as fontes de lucro da plataforma, o Twitter anunciou, nesta quinta-feira (25), um recurso chamado Super Follow.

De acordo com o site Tecno Blog, a ideia é que os usuários da rede social possam cobrar de seus seguidores o acesso a conteúdo extra. Além dessa novidade, a empresa também está lançando sua própria versão dos grupos do Facebook: as Comunidades.

Mais criadores de conteúdo

Enquanto diversas outras redes sociais já contam com pagamentos diretamente a criadores de conteúdo, o Twitter apresenta a sua carta para atrair mais influenciadores.

Com o Super Follow, será possível montar um plano de assinatura para que seguidores tenham acesso a conteúdo exclusivo, como tweets extras, inscrição a newsletter ou participação em grupos restritos.

Em um exemplo apresentado pela plataforma, um perfil poderia cobrar US$ 4,99 mensais para disponibilizar algumas vantagens para seus fãs. Na própria rede social, muitos usuários rapidamente fizeram correlação entre o novo recurso e o OnlyFans.

Ao que tudo indica, o Twitter irá ficar com uma parte da receita, já que as assinaturas seriam um plano para obter lucro sem depender exclusivamente de publicidade, mas ainda não está claro qual será a taxa cobrada.

Comunidades do Twitter

A rede social também está diversificando a forma de descobrir novos usuários com base em interesses em comum. Com as Comunidades (algo semelhante aos grupos do Facebook), será possível descobrir novos perfis relacionados a diversos temas específicos.

Até o momento, não há informações sobre quando os recursos estão disponíveis na plataforma, mas é possível que isso aconteça em breve.

Jornal Midiamax