MidiaMAIS / Variedades MidiaMAIS

Por que o Dia da Mulher Paraguaia é comemorado em 24 de fevereiro?

Além do Dia da Mulher, comemorado universalmente no dia 8 de maio, as mulheres paraguaias também comemoram o Dia da Mulher Paraguaia

Carlos Yukio Publicado em 24/02/2021, às 12h05 - Atualizado às 15h51

None
Porque o Dia da Mulher Paraguaia é comemorado em 24 de fevereiro?

Além do Dia da Mulher, comemorado universalmente no dia 8 de maio, as mulheres paraguaias também comemoram o Dia da Mulher Paraguaia nesta quarta-feira, 24 de fevereiro. Mas qual a razão da escolha desta data? A reposta está na história do país vizinho que faz fronteira com o Mato Grosso do Sul. A data rememora a luta do povo paraguaio contra a Tríplice Aliança composta pelo Brasil, Argentina e Uruguai na Guerra do Paraguai.

Segundo o Instituto de Estudos Latino-Americanos, em 24 de fevereiro de 1867 aconteceu a Primeira Assembleia de Mulheres Americanas, na Praça de Maio, na capital Assunção. Naquela reunião participaram as mulheres capitalinas e também de outras regiões do país, ricas e pobres, todas decididas a dar sua contribuição na defesa do país. Muitas foram as propostas que saíram dali e uma delas foi imediatamente aceita pelas conhecidas “damas de Asunción”, que eram as mulheres mais ricas da cidade.

Por que o Dia da Mulher Paraguaia é comemorado em 24 de fevereiro?
(Reprodução, ABC Facebook)

Meses depois da histórica assembleia, as mulheres decidiram doar todas as suas joias, juntando-se assim as demais contribuições de pertences de valor que eram doados para que se transformassem em armas e alimentos para as tropas durante a Guerra. Foi um momento único de unidade entre as mulheres, independente das classes.

O dia especial de tributo às mulheres reconhecidas como “as residentes” foi proposto pela historiadoras Idalia Flores de Zarza e encampado pela deputada Carmem Casco de lara Castro que apresentou projeto de lei, aprovado em 1974. Desde aí, esse é o Dia da Mulher Paraguaia.

Guerra do Paraguai

A Guerra contra o Paraguai foi movida por Brasil, Argentina e Uruguai, a tríplice aliança, que tinha ainda uma outra parceira oculta: a Inglaterra. Nesse conflito quase toda a população do Paraguai foi dizimada, entorno de 150 mil paraguaios, e são inúmeras as páginas históricas daquele povo, incluindo as mulheres que, em grande número foram ao campo de batalha, certas de que era necessário defender o país da ganância dos estrangeiros.

Jornal Midiamax