Contra fakenews, WhatsApp limita ainda o mais reenvio de mensagens

Agora, uma mensagem recebida por meio de encaminhamento só pode ser reencaminhada para uma única conversa por vez

Em comunicado na última segunda-feira (6), o WhatsApp anunciou a decisão de limitar ainda mais a possibilidade de encaminhar mensagens em massa dentro do aplicativo. Agora, uma mensagem recebida por meio de encaminhamento só pode ser reencaminhada para uma única conversa por vez, o limite anterior era de cinco. A medida é uma tentativa de diminuir a proliferação de notícias falsas. 

Criado no ano passado, o limite já permitiu diminuir em 25% o número de mensagens encaminhadas em todo o mundo, mas ainda não foi o suficiente. Na postagem, realizada em seu blog oficial, o aplicativo de mensagens mais popular do planeta anunciou a medida a fim de conter a proliferação de fake news e desinformação, especialmente neste período de pandemia do COVID-19.

Porém, a empresa alega que identificou recentemente um aumento significativo no número de mensagens encaminhadas, por isso a nova limitação. “Acreditamos que é importante desacelerar a disseminação de mensagens encaminhadas para que o WhatsApp continue sendo um espaço seguro para conversas pessoais”, registra.

O aplicativo, que pertence ao Facebook, informa estar trabalhando junto de governos e organizações não governamentais em mais de 20 países a fim de “ajudar a levar informações confiáveis à população” durante a pandemia e até uma Central de Informações do WhatsApp sobre o novo coronavírus foi criada.

Contra fakenews, WhatsApp limita ainda o mais reenvio de mensagens
Mais notícias