MidiaMAIS / TV & Novela

Incesto em Gênesis será retratado com ‘licença poética’, diz RecordTV

Nos primórdios da humanidade, especialmente durante o povoamento da Terra, era inevitável que familiares se relacionassem entre si. A novela “Gênesis”, da RecordTV, não tem fugido da temática polêmica nos dias de hoje, mas que para a época retratada não causava espanto. Uma das primeiras situações chocantes para o público foi quando a rainha Semíramis […]

João Ramos Publicado em 12/03/2021, às 18h03

O ator Vitor Novello como Abrão em Gênesis (Foto: Blad Meneghel/RecordTV)
O ator Vitor Novello como Abrão em Gênesis (Foto: Blad Meneghel/RecordTV) - O ator Vitor Novello como Abrão em Gênesis (Foto: Blad Meneghel/RecordTV)

Nos primórdios da humanidade, especialmente durante o povoamento da Terra, era inevitável que familiares se relacionassem entre si. A novela “Gênesis”, da RecordTV, não tem fugido da temática polêmica nos dias de hoje, mas que para a época retratada não causava espanto.

Uma das primeiras situações chocantes para o público foi quando a rainha Semíramis teve relações incestuosas com seu filho Ninrode. No folhetim bíblico, a personagem deu substâncias a seu herdeiro, a fim de que ele ficasse inconsciente para que ela pudesse conceber relações.

Tudo foi bastante amenizado e os principais acontecimentos ficaram subentendidos para não causar choque no telespectador. Agora, um novo caso de incesto será abordado pela trama. Trata-se do casamento de Abrão com a irmã Sara.

Em nota oficial, a RecordTV esclarece: “Sim, a Bíblia não oferece detalhes, mas afirma que Sara era meia-irmã de Abrão, certamente por parte de pai (Gn. 20:2-12). A novela preencherá essa lacuna com uma licença poética que dará liga aos acontecimentos. Apenas muitos anos depois, através da lei de Moisés, é que esse tipo de relação seria proibido por Deus”.

“Gênesis” vai ao ar de segunda a sexta na RecordTV, a partir das 20h (horário de MS)

Jornal Midiamax