Louco e Livre: Espetáculo fala sobre o amor, ambientado nos anos 80

Com entrada gratuita e lugares limitados, Amor 1980 é pra assistir e cantar junto.

Uma boa pedida para esta quinta-feira, 12, é a apresentação do espetáculo Amor 1980, na sala de música do , às 19h, com distribuição gratuita dos ingressos meia hora antes.

A peça é ambientada nos anos de 1980 e traz muitas referências da época, que vão desde os figurinos utilizados, à decoração, músicas e cores. Livremente inspirada nos romances “Eu Sei Que Vou Te Amar” de Arnaldo Jabor, “O Coiote”, de Roberto Freire e “Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres”, de Clarice Lispector, o espetáculo propõe o resgate de uma liberdade perdida nos dias atuais pra falar de amor, se entender amante e se entender amado. Sempre é uma boa hora para se falar de amor. “Esse é o grande ponto onde todo mundo se conecta, todo mundo já viveu algum amor”, detalha a diretora e atriz Ligia Prieto.

Amor 1980
Cena de Amor 1980 (foto: Marithê Lopes)

A peça conta a história dos personagens “Ele e Ela”, um jovem casal recém-separado que, ao decorrer da história, acabam percebendo que a verdade do amor está em vivê-lo em toda sua essência. Após um período separados, os dois se reencontram, ‘lavam as roupas sujas’, revelam segredos nunca antes revelado, se divertem e se amam.

“Quando eles se reencontram há uma explosão de acusações, mas todas são muito pertinentes. É o relacional da relação acontecendo. Inclusive, nessa montagem, dividimos o personagem Ele em três: o romântico, o questionador e o prático. Enquanto Ela é uma, única, completa de todas as suas nuances”, conta Fernando Lopes Lima, diretor e dramaturgo, que também assina o cenário e atua no espetáculo.

Fazem parte do elenco, além de Ligia e Fernando, os atores Begèt De Lucena, Bruno Loiácono, Bruno Sarate, Kelly Figueiredo e Samuel Alejandro. Tá imperdível!

Amor 1980
O espetáculo fala de amor, assunto gostoso né? (foto: Marithê Lopes)

Grupo Casa

Estabelecido em março de 2014, pelos atores e diretores Ligia Prieto e Fernando Lopes Lima, o Coletivo de Artistas “Grupo Casa” possui um repertório com mais de 30 espetáculos, conta com uma média de cem alunos, e entende claramente que esse é só o começo de uma grande caminhada. A Casa de Cultura Nildes Tristão Prieto também conta com uma biblioteca com mais de mil e quinhentos livros aberta ao público.

Serviço

– Avenida Afonso Pena, nº 2270.
Amor 1980 – Quinta-feira, 19h
Entrada gratuita, com entrega dos ingressos meia hora antes.
Informações pelo telefone 3311-4300.

 

Louco e Livre: Espetáculo fala sobre o amor, ambientado nos anos 80
Mais notícias