Espetáculo “Jaity Muro” discute a dualidade da mulher no espaço urbano e na reserva indígena

Apresentação será gratuita no Sesc Cultura, em Campo Grande

O Sesc Cultura de Campo Grande recebe nos próximos dias 23 e 24 de outubro, às 20 horas, o espetáculo “Jaity Muro”, um trabalho cênico que transita entre as linguagens do teatro e da performance. A peça explora os lugares de fala de uma mulher que vive no espaço urbano douradense e de uma mulher que vive na Reserva Indígena, acreditando na premissa feminista de que “o pessoal é político”.

O termo Jaity, na língua kaiowá, significa “derrubamos” ou “derrubemos”, na peça, o muro surge como um elemento que remete a sentimentos de medo e solidão, mas também como espaço de fronteira, de troca e de encontro. A ideia é desconstruir separações binárias entre dois modos de ser mulher na cidade, mas também dar visibilidade a muros concretos e simbólicos que permeiam o espaço social atual.

A dramaturgia parte da experiência pessoal das artistas Kuña Poty Rajegua (Rossandra Cabreira) e Júnia Pereira com a cidade de Dourados e foi criada a partir de experimentações com objetos, sons, imagens, rituais, ações que nascem de vivências com a cidade em sua dualidade aldeia/espaço urbano. A direção é de Karla Neves, com cenografia e iluminação de Gil Esper, e trilha sonora de Igor Schiavo. Entre os responsáveis pelos vídeos, além das protagonistas, estão Juvenal Hermes da Silva e Rafael de Abreu.

Cia. Orendive

O grupo Orendive surgiu em 2017 a partir da montagem do trabalho Jaity Muro. Na língua kaiowá, o termo orendive pode ser traduzido por “nós juntos” ou “conosco”. Formado por Júnia Pereira, Karla Neves e Rossandra Cabreira, o grupo nasce de pesquisa desenvolvida no contexto do curso de Artes Cênicas da UFGD e tem como proposta a criação intercultural, envolvendo pessoas indígenas e não indígenas. Também são referências para o trabalho do grupo o teatro performativo, as ações de convívio e os teatros do real.

Serviço

O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Informações pelo telefone 3311-4300. O funcionamento é de terça-feira a sábado das 13h às 21h30 e da Central de relacionamento: 13h às 17h30 e das 19h às 21h30. A Biblioteca atende das 13h às 21h30 e a Galeria de Arte fica aberta das 13h às 21h30. Acompanhe a programação no site sesc.ms

Mais notícias