MidiaMAIS / Música

Grammy 2021: Recordes de Beyoncé, Taylor Swift e vencedores inéditos

Aconteceu na noite deste domingo (14) mais uma edição do Grammy Awards, a maior premiação de música dos Estados Unidos

Carlos Yukio Publicado em 15/03/2021, às 08h54

None
Grammy 2021: Recordes de Beyoncé, Taylor Swift e vencedores inéditos

Aconteceu na noite deste domingo (14) mais uma edição do Grammy Awards, a maior premiação de música dos Estados Unidos. Por conta da pandemia, a cerimônia aconteceu de forma virtual e presencial, com performances e entrega de prêmios feitas de forma remota ou com público reduzido em uma área aberta em Los Angeles.

A premiação estava inicialmente agendada para 31 de janeiro, mas foi adiada na esperança de poder ser realizada totalmente de forma presencial, o que não aconteceu mesmo com a nova data.

https://twitter.com/people/status/1371322094668165121?s=20

Entre os indicados, os destaques são Beyoncé, com nove indicações, seguida por Dua Lipa, Taylor Swift e Roddy Rich, com seis cada um. Os vencedores começaram a ser anunciados às 16h nos canais oficiais da premiação – somente algumas categorias entraram para o programa ao vivo.

Beyoncé estabeleceu um novo recorde no Grammy com seu 28º troféu. A estrela pop se tornou a mulher mais premiada da história da cerimônia, ocupando o lugar que antes pertencia à cantora Alison Krauss. “Estou tão honrada, tão empolgada”, afirmou Beyoncé, ao vencer a categoria R&B durante o evento.

Taylor Swift também fez história na cerimônia, ao se tornar a primeira artista mulher a vencer três vezes a categoria Álbum do Ano. O troféu deste ano ao seu álbum de lockdown, Folklore, se soma a Fearless (2010) e 1989 (2016). Apenas outros três artistas atingiram esse feito: Frank Sinatra, Paul Simon e Stevie Wonder.

Das 83 categorias do ano, 73 foram entregues em um pré-show com transmissão apenas online e com início às 16h. Os vencedores apareceram em vídeo-chamada para agradecer por suas vitórias. A premiação oficial começou com uma sequência de apresentações de Harry Styles, Billie Eilish e o trio HAIM.

Confira os vencedores do Grammy 2021 abaixo:

Gravação do ano: Everything I wanted – Billie Eilish

Álbum do ano: Folklore – Taylor Swift

Música do ano: I Can’t Breathe – H.E.R e Tiara Thomas

Artista revelação: Megan Thee Stallion

Melhor álbum pop: Future Nostalgia – Dua Lipa

Melhor performance pop solo: Watermelon Sugar – Harry Styles

Melhor performance pop em duo ou grupo: Rain on Me – Lady Gaga com Ariana Grande

Melhor álbum de rap: King’s Disease – Nas

Melhor música de rap: Savage (Remix) – Megan Thee Stallion ft Beyoncé

Melhor performance de rap: Savage (Remix) – Megan Thee Stallion ft Beyoncé

Melhor videoclipe: Brown Skin Girl – Beyoncé

Melhor álbum pop tradicional: American Standard – James Taylor

Melhor álbum de pop latino ou urbano: YHLQMDLG – Bad Bunny

Melhor álbum de rock latino ou alternativo: “La conquista del espacio” – Fito Páez

Melhor álbum de música regional mexicana (incluindo texana): “Un Canto Por México, Vol. 1” – Natalia Lafourcade

Melhor álbum tropical latino: “40” – Grupo Niche

Melhor álbum de R&B: Bigger Love – John Legend

Melhor performance de R&B: Black Parade – Beyoncé

Melhor música de R&B: Better Than I Imagined – Robert Glasper, Meshell Ndegeocello & Gabriella Wilson

Melhor álbum de rock: The New Abnormal – The Strokes

Melhor música de rock: Stay High – Brittany Howard

Melhor performance de rock: Shameika – Fiona Apple

Melhor álbum de música alternativa: Fetch the Bolt Cutters – Fiona Apple
Melhor álbum de música country: Wildcard – Miranda Lambert

Melhor performance de country solo: When My Army Prays – Vince Gill

Melhor performance de country em duo ou grupo: 10,000 Hours – Dan + Shay & Justin Bieber

Melhor trilha sonora original para mídia visual: Coringa – Hildur Guðnadóttir

Melhor música original para mídia visual: No Time to Die (“Sem Tempo para Morrer”) – Billie Eilish e Finneas

Melhor gravação dance: “10%” – Kaytranada ft Kali Uchis

Melhor álbum dance/eletrônico: Bubba – Kaytranada

Melhor performance de metal: Bodycount – Bum Rush

Jornal Midiamax