Aos 23 anos, Violeiro Raphael Vital tem talento e o respeito de grandes músicos

Promessa da música raiz, o artista tem o dom da viola e um domínio com instrumento que impressiona.

Jovem e promissor, Raphael Vital é visceral quando toca uma viola. A segurança de seus dedilhados hipnotizam, é impossível não se impressionar com o talento e habilidade do músico que, aos 23 anos, já demonstra maturidade musical e qualidade que somente os grandes nomes da música raiz possuem.

Entrevistei o Violeiro em um Sarau de Segunda, evento que acontece todo começo de semana, na Praça dos Imigrantes, lá na região da Joaquim Murtinho, Rui Barbosa e Barão de Melgaço. Foi lá que o vi tocar pela primeira vez e não são raras as vezes que o músico dá as caras por lá. Aliás, grandes talentos passam pela praça, que oferece cultura da melhor qualidade, comidinhas deliciosas e um alto astral que dá gosto.

Confira no vídeo abaixo a entrevista com este grande Violeiro, vindo lá de Três Lagoas – MS, que  ainda vai nos dar muito orgulho pela frente, em seu brilhante caminho.

“A Viola que me escolheu” – Raphael Vital

Estudando música desde criança, aos 8 anos já dava seus primeiros passos nessa arte que futuramente passaria a ser profissão. Raphael Vital já tocou MPB em bares, Rock com os amigos, fez parte de orquestra e, tocavndo viola caipira, colaborou com medalhões da música sul-mato-grossense, como Grupo Acaba, Delinha, Rodrigo Teixeira, Jerry Espíndola, Carlos Colman e outros

Para acompanhar o trabalho do Violeiro, busque suas redes sociais e siga todas para fortalecer o trabalho deste cara que é uma sumidade da viola caipira. Clique AQUI para se inscrever em seu canal no YouTube, AQUI, para seguí-lo no Instagram e AQUI para acessar seu Spotfy.