A Tropa: Novo videoclipe de Marina Peralta pra começar uma semana empoderada

Gravado em São Paulo, a cantora enaltece a “feminina união que fortalece”.

Tem produção audiovisual quentinha saindo do forno e com ela, a mensagem de força e união das mulheres, recitada com a atitude e malemolência de Marina Peralta.

Direto de São Paulo, onde vive desde o começo do ano, ela mandou a letra e canta em alto e bom som que a rixa entre mulheres não está com nada, a #união é a hashtag pra avançar. Aqui um trechinho da letra:

“Sem competição, que tamo atrasada, se o foco é os “homem” ja tamo errada. Quando eu disse não, aquele aliado desapareceu, foi arrebatado no nome de deus. Julgou meu pecado, notei que eu devia ter desconfiado, ja te agrediu, defende família, defende fuzil, hãn”.

Com música gravada e produzida pela Macaia Records e letra de Marina Peralta, o videoclipe tem direção de João Cayres, Pump Killa e Gustavo Gasparini e já está disponível nas plataformas digitais.

Agora aperte o play e deixe esse som empoderar sua semana!

A Tropa – Marina Peralta

Se tem mulheres no controle eu vou
Deslizo melodia, muita ideia e flow
Se as mina se aproxima soundboy run run
Revolutionary come Feminina a união que fortalece
Sem competição, que tamo atrasada, se o foco é os homem ja tamo errada
Quando eu disse não, aquele aliado desapareceu, foi arrebatado no nome de deus
Julgou meu pecado, notei que eu devia ter desconfiado, ja te agrediu, defende família, defende fuzil hãn

Não dá mais tempo para se calar
O meu trampo não é cota pra te aliviar
Da responsa de botar meu som pra escutar
Valoriza e aprende a apreciar
To de olho na conduta
Se eu não for mando minha substituta
Ce ta tirando a minha luta
No meu exército não vem nem de recruta 2x
Não vem, Não vem que não tem Papo para quem
Não se agiliza, boy Não vem Não vem que não tem
Se tiver mulheres me convida!

Se tem mulheres no controle eu vou
Deslizo melodia, muita ideia e flow
Se as mina se aproxima soundboy run run, revolution are come
Feminina a união que fortalece
Sem competição, que tamo atrasada, se o foco é os homem ja tamo errada
Quando eu disse não, aquele aliado desapareceu, foi arrebatado no nome de deus
Julgou meu pecado, notei que eu devia ter desconfiado, ja te agrediu, defende família, defende fuzil hãn

Não dá mais tempo para se calar
O meu trampo não é cota pra te aliviar
Da responsa de botar meu som pra escutar
Valoriza e aprende a apreciar
To de olho na conduta
Se eu não for mando minha substituta
Ce ta tirando a minha luta
No meu exército não vem nem de recruta 2x
Não vem, Não vem que não tem Papo para quem
Não se agiliza, boy
Não vem Não vem que não tem
Se tiver mulheres me convida!

 

Mais notícias