MidiaMAIS / Famosos

Carla chora e diz que Arthur pode tê-la prejudicado: ‘Mas não me arrependo’

Após reviravoltas no romance com Arthur, Carla Diaz durante festa do BBB e comenta com João Luiz que pode ter sido prejudicada.

Nathália Rabelo Publicado em 06/03/2021, às 07h28

Carla Diaz chorando na cozinha (Foto: Reprodução/Globoplay)
Carla Diaz chorando na cozinha (Foto: Reprodução/Globoplay) - Carla Diaz chorando na cozinha (Foto: Reprodução/Globoplay)

A festa do BBB 21 de sexta-feira (6) deu muito o que falar. Muitos participantes aproveitaram a noite ao som de Luísa Sonza, Lexa e Pedro Sampaio, mas não foi o caso de  Carla Dias. Depois de chorar sozinha durante a festa, Carla foi chorar na cozinha. João Luiz sentou ao lado da sister e perguntou o que tinha acontecido.

“É muita coisa, amigo, muita coisa. Eu preciso também entender as coisas. As pessoas mudam muito rápido aqui dentro e isso está me deixando maluca. E dói. Essa semana está muito difícil para mim. Essa festa foi ótima, consegui dar uma aliviada. Mas agora acabou de acontecer um negócio que porra.”

João pergunta: “Com o Arthur?” Carla confirma:” É… Sei lá, eu não estou entendendo mais nada”. João questiona se ela acha que o instrutor em crossfit mudou.

“É porque eu também não sei o que falar. E não quero falar porque não sei o que é. Às vezes ele fala que é só questão com ele, que não tem nada comigo, mas ele não estava me olhando agora. Ele disse que estava se sentindo culpado por todo mundo ter se afastado de mim porque eu estava com ele, e eu falei: ‘mas a culpa não é sua, eu também aceitei’. Aí eu não sei… mudou.”

“Mas por que você está assumindo a responsabilidade sozinha?”, indaga o professor de geografia.

“Eu não estou assumindo a responsabilidade sozinha, mas eu também não queria que ele assumisse a responsabilidade sozinho. Não é sobre culpa. Mas ele botou na cabeça que estava sendo culpado de eu ser prejudicada aqui por causa dele”, explica a atriz.

“E você acha que isso pode ter acontecido?”, pergunta o amigo.

“Acho que sim, um pouco. Mas eu não me arrependo. Porque eu vivi porque eu estava feliz. Mas quando eu mais precisava da pessoa, a pessoa virou e disse: ‘vamos fingir para as pessoas…’ Aí cheguei agora, ele estava conversando com a Juliette, não olhava no meu olho e mandou umas indiretas. Tem coisa que machuca.”

Carla complementa: “Até a Camilla estava falando que vocês deram uma afastada e tal. Eu senti e isso também me magoou um pouco porque foi um acumulativo. Só que eu vi que ele tava precisando de mim porque duas semanas no paredão é f*da.”

Jornal Midiamax