Ator Carlos Vereza processa Mário Gomes após áudio vazado com fake news viralizar

Carlos Vereza está processando Mário Gomes por danos morais e materiais. O ator, de 81 anos, prestou queixa crime contra o colega após ter seu nome envolvido num áudio que viralizou na última sexta-feira (22).

Segundo o portal Extra, em pouco mais de dois minutos, Mario Gomes explicações de Vereza, que, supostamente apoiaria numa candidatura ainda hipotética à presidência.

“Acabo de entrar com um processo contra o ator Mário Gomes por danos morais e materiais. Espero que aprenda a não gravar um áudio, onde somente ele fala, dando a impressão que estava conversando comigo. E, depois, covardemente, jogar nas redes sociais, sem que eu soubesse do que se tratava. Pena. Aprendeu rápido com o gabinete do ódio a fabricar notícias falsas”, escreveu Vereza em seu perfil no Facebook.

Em seu áudio, Mario Gomes se exalta ao dizer que a falta de oxigênio nos hospitais de foi culpa de “inimigos de Bolsonaro como ‘Marcelo Freixo e '”. Ao saber do vazamento, em que sua voz não aparece, ainda de acordo com o noticiário, Vereza cobrou uma retratação do colega, que se desculpou dizendo que só havia passado para cinco pessoas de confiança e não sabia o que aconteceu. Mas não houve retratação.

Ator Carlos Vereza processa Mário Gomes após áudio vazado com fake news viralizar
Mais notícias