Rainha Elizabeth perde mais de R$ 126 milhões com fechamento de palácio

Turismo ao Palácio de Buckingham e outros rendeu cerca de 490 milhões de reais apenas no ano passado

A Rainha Elizabeth II está seguindo as recomendações para o isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus assim como toda realeza. Por isso, a família real, que tem entre seus ganhos a renda das visitas aos castelos, acabou tendo um prejuízo de 126 milhões após o fechamentos dos pálacios. O lorde Eark Peel, chefe da Casa Real, foi o encarregado de sar a notícia através de um e-mail.

A renda da realeza deverá cair até um terço e funcionários terão seus salários congelados. Apenas no ano passado, o turismo rendeu 490 milhões de reais para a família real.

“A crise já testou nossa resiliência, adaptabilidade e preparação de várias maneiras e em todos os níveis em toda a organização. Também teve um impacto significativo nas atividades de toda a Casa Real. Embora o Reino Unido pareça estar acima do pico de infecções, ainda não está claro quando medidas como o distanciamento social chegarão ao fim. Devemos, portanto, supor que ainda podem levar muitas semanas, senão meses, até que possamos voltar aos negócios como de costume”, alerta o e-mail.

Segundo o The Sun, alguns funcionários estão trabalhando em Home Office e mesmo com o congelamento de salário, não haverá demissões. A Casa Real tem cerca de 500 pessoas na equipe.

No e-mail, Lorde Peel também disse que “gastos com propriedades” seriam reduzidos e a agenda da rainha pode ficar em revisão até 2022.

Os números não deixam dúvidas sobre a queda no faturamento anual, o Palácio de Buckingham, onde mora a Rainha Elizabeth, fatura cerca de 12 milhões de libras, o Castelo de Windsor, 25 milhões, Holyroodhouse em Edimburgo, 5,6 milhões, o Royal Mews, 1,6 milhões e Clarence House, 132.000.

Rainha Elizabeth perde mais de R$ 126 milhões com fechamento de palácio
Mais notícias