Perla, cantora da fronteira com MS, revela grave depressão e tentativas de sucídio

Cantora foi a entrevistada de Daniela Albuquerque no programa ‘Sensacional’ desta quinta-feira (13), na RedeTV! e falou sobre as 5 vezes que pensou em acabar com a vida

Conhecida pelo Mato Grosso do Sul e nacionalmente como Perla Paraguaia, Ermelinda Pedroso Rodríguez D’Almeira foi sucesso nos anos 70 e 80 com mais de 30 álbuns lançados coletando canções românticas, guarânias e boleros. A cantora surpreendeu o público ao ser entrevistada por Daniela Albuquerque no programa ‘Sensacional’ desta quinta-feira (13), na RedeTV!, e revelar uma grande depressão.

A notoriedade veio com a música ‘Fernando’, do disco ‘Palavras de Amor’ e releitura do sucesso de ABBA, que registrou mais de 15 milhões de cópias vendidas. Todo o glamour proveniente do sucesso da profissão camuflava períodos delicados da vida pessoal de Perla. Casada por mais de 20 anos com um brasileiro, ela conta ter vivido um relacionamento abusivo.

“Eu tinha que mentir para as pessoas, dizia que tinha caído, tropeçado…Ele falava que não ia fazer mais”, compartilha, mencionando os atos de agressão praticados pelo ex, que resultaram em três operações no ouvido e perda de alguns dentes. Hoje, viúva, não gosta sequer de pronunciar o nome dele.

Durante a entrevista, a cantora afirma, pela primeira vez em público, que era tratada como uma “máquina de faturamento” pelo falecido marido, que administrava sua carreira e não a deixava engravidar. “Eu tinha que ficar bonitinha, com cinturinha, não podia ter barriga (…) Ele me dopava e vinham os médicos para fazer curetagem”, relata ela sobre os cinco abortos induzidos sem seu consentimento.

Os inúmero traumas desencadearam um quadro grave de depressão: “Foi me matando aos poucos. Tentei cinco vezes suicídio”, diz. Emocionada, ela manda um recado para mulheres que vivem o mesmo drama: “Minhas amigas, não fiquem com medo! (…) Nós precisamos nos unir”.

Confira a entrevista completa abaixo:

Mais notícias