Participante do Masterchef Espanha é expulsa após servir ave crua e com penas

A decisão foi uma forma de protestar contra os maus-tratos aos animais

A cozinheira Saray, participante da 8ª edição do MasterChef , foi expulsa do programa nesta segunda-feira (4) após servir um prato bizarro, mas com um protesto por trás. A cozinheira apresentou um perdiz sem cozinhar e nem depenar, apenas decorado com tomates.

O programa apresentou uma prova de eliminação onde os participantes deveriam cozinhar diferentes carnes, a partir delas na forma natural, em 20 minutos. Como uma forma de protesto, Saray serviu o prato cru e com penas para não incentivar a violência contra os animais.

“Fiquei com raiva. Querem me ver arrancando penas como uma cadela? Estava com muita raiva”, disse em entrevista após o programa. A cena viralizou nas redes sociais, confira:

A reação dos jurados foi de total e completo espanto, e até perderam a paciência com a candidata. Jordi Cruz se irritou e disse: “É um pássaro morto em um prato. Não é só uma falta de respeito a mim, mas a teus companheiros, ao programa e aos 28 mil candidatos que tentaram entrar aqui. Entendo que não queira cozinhar, mas o que fizeste aqui não tem explicação”.

Saray tentou justificar e o jurado interrompeu, ainda irritado: “Não abra a boca, não te atreva a abrir a boca. Nos equivocamos muito contigo. Este programa se equivocou. Creio que é a vez que mais nos equivocamos na história do programa de deixar alguém entrar aqui”.

Participante do Masterchef Espanha é expulsa após servir ave crua e com penas
Mais notícias