Miguel Falabella é demitido da Globo após 39 anos

O artista começou a trabalhar na TV Globo em 1981 onde estrelou muitos sucessos

Sucesso como ator, roteirista e diretor, Miguel Falabella foi dispensado pela TV Globo na manhã desta sexta-feira (5) após 39 anos de trabalho na emissora carioca. O artista, que tem contrato com o canal até setembro, foi avisado que seu vínculo não será renovado.

No final do ano passado, surgiram rumores nos bastidores da emissora de que Falabella teria se desentendido com o chefão da dramaturgia do canal, Silvio de Abreu, após o ator ter um dos seus projetos recusados.

Outro motivo pelo qual pode ter ocasionado a demissão do artista é que Falabella tem um salário alto, na casa dos R$ 700 mil mensais, e a emissora estaria cortando custos. No Instagram, o ator deixou uma mensagem de regradecimento aos fãs.

“Era esse o rosto que eu tinha quando assinei meu primeiro contrato com a TV Globo. Nesses quase quarenta anos fui muito feliz e muito bem tratado sempre. Seguir novos caminhos não significa abandonar o que se conquistou na caminhada. Só tenho boas lembranças. Só tenho sorrisos. Cheio de gratidão por todos os companheiros que estiveram ao meu lado nessa jornada e ao público que viu algo em mim que nem eu mesmo via. Obrigado. Eu ia fazer um vídeo, mas nessas horas a gente fica com o coração mole. Como diria Drummond, amanhã eu recomeço!”, compartilhou ao lado de uma foto no início da carreira.

Miguel Falabella estreou na TV Globo em 1981, trabalhou no ‘Vídeo Show’, fez diversos trabalhos como ator, onde ganhou destaque como Caco Antibes em ‘Sai de baixo’, depois assinou séries como ‘Pé na cova’ e ‘Toma lá, dá cá’ e novelas como ‘A Lua me disse’.

Miguel Falabella é demitido da Globo após 39 anos
Mais notícias