Henrique Fogaça fecha restaurante e demite 200 funcionários

Empreendimento ficava no Shopping

O chef de cozinha revelou, nesta quinta-feira (4), que por conta do coronavírus precisou fechar seu restaurante no Rio de Janeiro e demitir 200 funcionários.

Ele comentou a situação financeira do empreendimento durante entrevista ao Canal do , no YouTube. “Um mês você segura; dois meses você vai pro buraco”, afirmou Fogaça.

Segundo o chef, a decisão foi tomada devido os gastos com o shopping onde ficava o restaurante do Rio.

“Só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado; o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo”, afirmou Fogaça no Canal do .

Já em São Paulo, o jurado do afirmou que a operação está mantida. “O delivery traz 15% do faturamento apenas. Estou contando moeda para pagar contas básicas e manter o restaurante respirando. Não teve alívio fiscal, isso complicou”, complementou.

De acordo com Fogaça, a expectativa é voltar a reabrir em São Paulo no próximo dia 15 de junho. “Vão ter mesas com distanciamento. Tenho 100 lugares, vou abrigar 50 pessoas. Será uma nova forma de trabalho.”

Henrique Fogaça fecha restaurante e demite 200 funcionários
Mais notícias