Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas

Flávia Tamayo também é conhecida por atuar em filmes adultos

Um vídeo divulgado pela , nesta terça-feira (21), mostra o momento da prisão da modelo Flávia Tamayo, mais conhecida no mundo erótico como Pamela Pantera. A atriz foi acusada de integrar uma organização criminosa composta por garotas de programa.

Segundo o Jornal O Dia, Tamayo foi presa nesta terça-feira, em um hotel na orla de Brasília, pela do , acusada de integrar uma organização criminosa  que traficava drogas dentro de uma rede de prostituição no .
A modelo é conhecida por estampar capas de revistas masculinas, como a “Playboy” e a “Sexy”, e por atuar em filmes eróticos da franquia “Brasileirinhas”. Ela também é dançarina e já ganhou concursos como o de “Miss Bumbum”.
Ainda conforme o noticiário, o titular da 1ª DR de Vitória, delegado Rafael da Rocha Corrêa, explicou que essa ação faz parte Operação “Rede”, realizada no mês de junho, no , quando mais de 200 policiais cumpriram 37 mandados de prisão e de busca e apreensão.
“Essa organização criminosa atuava, principalmente, na venda de drogas sintéticas e cocaína para clientes de alto poder aquisitivo do e de todas as esferas. A suspeita é famosa por ter sido capa de revistas masculinas no Brasil e no exterior, e por ser estrela de uma conhecida franquia de filmes eróticos”, relatou o delegado.
Ex-capa da Playboy é presa acusada de tráfico de drogas
Mais notícias