Confinada, Monique Evans mostra cabelos brancos e lembra depressão por causa da idade

A ex-modelo de 63 anos mostrou as consequências de não poder ir ao salão de beleza e como isso afeta sua auto estima

Sem sair de casa por conta da quarentena, Monique Evans fez um vídeo no Instagram para falar de velhice. Durante o papo, a ex-modelo, de 63 anos, exibiu os fios e as sobrancelhas brancas, e explicou que não tem ido ao salão de beleza por conta do isolamento social.

“Me chamam muito de velha. Sempre me chamaram, desde os 40 anos. Velhice não é vergonha para ninguém. Ainda bem que estamos vivos. Dou graças a Deus a minha idade. Não tenho vergonha de falar que tenho 63 anos, muito bem vividos. Mas têm umas coisas, claro, que chateiam a gente. Hoje eu vi que a minha sobrancelha tem cabelos brancos, e eu não tenho tinta para pintar. Meus cabelos brancos estão nascendo aqui”, diz, ela mostrando os fios.

A ex-modelo ainda aproveitou para falar das críticas que recebe por conta da idade: “Escreve sempre para mim: ‘nossa, Monique, como você está diferente?’. Eu estou diferente. Estou envelhecendo. O importante é você envelhecer com saúde. Claro, nós mulheres temos vaidade. Eu queria dizer que a gente tem que se aceitar do jeito que a gente é.Se a gente está com rugas e dá para colocar um botox, se não resolve, é porque é para ser assim. Nós temos que ser jovens e termos a ingenuidade da criança, falar sem pensar. Dentro de mim, eu sei que sou uma criança”.

Durante o papo compartilhando no IGTV de seu Instagram, ela revelou que já ficou muito deprimida por estar envelhecendo. “Tem muita gente no Instagram que fala, eu sou gorda, mas adoro a minha gordura, sou feia, mas adoro.. Cara, quem fala demais sobre é porque, na verdade, se sente mal com aquilo. Não vou dizer para vocês que não é uma coisa que não me deixa chateada. É uma coisa que me deixa chateada e já me deixou com muita depressão, mas hoje em dia é uma coisa que eu aceitei”, afirmou.

“A gente tem que aceitar a nossa idade. Minha mulher tem 35 anos e me ama do jeito que eu sou. E eu não vou melhorar, só piorar (risos). O importante é você se aceitar e curtir cada ruguinha. O bumbum e o peito vai caindo, a gente vai ter mais gordurinha. Mas isso, todo mundo tem. É só a gente olhar as artistas e cantoras da nossa idade e vê como elas estão também”.

Monique finalizou o depoimento aconselhando as pessoas a se aceitarem: “Ninguém tem que nos acusar de sermos velhas. Todo mundo vai ser velho. A cada dia você fica mais velho e está mais perto de morrer. Você que é jovem e que fica agredindo as pessoas na internet chamando de velho, isso não é uma agressão, é uma realidade. Então, se amem”. Assista ao depoimento completo abaixo:

Confinada, Monique Evans mostra cabelos brancos e lembra depressão por causa da idade
Mais notícias