Autópsia indica que Maradona sofreu infarto enquanto dormia

Exames toxicológicos ainda serão feitos

Ídolo máximo do futebol argentino, Diego Maradona sofreu um infarto enquanto dormia, segundo autópsia feita no corpo técnico. As informações foram divulgadas pelo jornal local “La Nación”.

Aos 60 anos, Maradona morreu na última quarta-feira (25) em Buenos Aires. De acordo com a publicação, ele sofreu uma “insuficiência cardíaca aguda, congestiva e crônica”, o que gerou um acúmulo anormal de líquido no pulmão. O jornal afirma que a conclusão do laudo foi confirmada por cerca de cinco especialistas entre “médicos peritos oficiais e um perito da família”.

De acordo com o jornal O Dia, a autópsia foi realizada no hospital de San Fernando. Ainda há exames toxicológicos que vão poder revelar em uma semana se houve a ingestão de remédios, drogas ilícitas ou álcool por parte do ex-jogador.

Autópsia indica que Maradona sofreu infarto enquanto dormia
Mais notícias