Roupas de Carol Bittencourt serão leiloadas para ajudar crianças carentes

Evento acontece dia 8 de junho, mas não tem local confirmado

As roupas da modelo Caroline Bittencourt, que morreu em um acidente de barco no dia 28 de abril, serão leiloadas em um evento organizado pela família e a verba será doada para três instituições que ajudam crianças carentes.

De acordo com o site Notícias da TV, a família enviou uma nota à imprensa, que dizia que Carol já estava com planos para se dedicar a ajudar crianças carentes, e tinha a intenção de doar aquilo que lhe era mais valioso e escasso, o tempo.

O Bazer leilão deve acontecer no dia 8 de junho, e serão vendidos roupas e acessórios da modelo que morreu de forma trágica. Segundo as informações, as ONGs  (Organizações Não Governamentais) que serão beneficiadas pelo bazar também estarão no evento auxiliando com os familiares de Carol com as vendas.

O local onde as roupas da modelo serão leiloadas ainda não foi informado.

Confira a nota da família

“Antes de partir, a Carol estava cheia de planos em dedicar-se a crianças carentes. Sua intenção era doar aquilo que lhe era mais valioso e escasso: o seu tempo. Mas sua breve passagem nesse mundo fez com que ela nos deixasse sem antes concluir essa tarefa. E agora esse compromisso cabe à nós. Cabe o respeito a sua memória, cabe seguir os seus desejos.

A ideia é que aquilo tudo que cabia no armário, passe a caber em outras casas, em novas vidas. O [valor] arrecadado será revertido em doações para três instituições que cuidam de crianças que vivem em meio a necessidades. Aonde cabe a saudade também cabe o amor, a ela e ao próximo. ”

O acidente

Caroline Bittencourt morreu, aos 37 anos, no dia 28 de abril, após cair de um catamarã, que virou em alto mar na região de Ilhabela, litoral norte de São Paulo. O corpo de Carol foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros um dia após o acidente.

Ela estava na embarcação acompanhada de seu marido, o empresário Jorge Sestini, e também de seus dois cachorrinhos de estimação. Sestini conseguiu se salvar e afirma que tentou socorrer sua mulher.

No início do mês, Jorge Sestini foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Para o delegado Vanderlei Pagliarini, houve negligência por parte do marido de Carol Bittencourt, que, mesmo advertido sobre o mau tempo, saiu com a embarcação para o mar.

Mais notícias