Polícia conclui investigação: Neymar não vai ser indiciado por estupro

Detalhes da investigação serão divulgados em coletiva de imprensa

A Polícia Civil de São Paulo decidiu não indiciar Neymar por estupro após conclusão das investigações, na tarde desta segunda-feira (29), sobre as denúncias da modelo Najila Trindade. Os detalhes da decisão devem ser revelados em uma coletiva de imprensa na próxima terça-feira (30) com a delegada Juliana Lopes Bussacos da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher.

Conforme noticiado pelo Portal R7, o Ministério Público terá 15 dias para se manifestar sobre a decisão da polícia, assim como as promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica que acompanharam o caso.

Mais notícias