MC Gui tem show cancelado em MS após rir de criança com câncer na Disney

Apresentação estava agendada para o Halloween mas contrato foi desfeito

A escola de língua inglesa CNA de Três lagoas cancelou na madrugada desta terça-feira (22) o show do cantor MC Gui após polêmica nas redes sociais envolvendo bullying. Em nota, a empresa afirmou que a participação de Gui na festa de Halloween no próximo dia 31 foi cancelada por que a empresa ” reforça que Ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita”.

NOTA: HalloweenO CNA Idiomas Três Lagoas/MS através desse post, informa que foi solicitado o cancelamento do show do…

Publicado por CNA Três Lagoas em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Nos cometários da publicação, pais aprovaram o cancelamento do show embasados no mal exemplo da atitude do jovem para as crianças. A publicação, até a publicação desta matéria, obtinha 13 mil curtidas, 2,8 mil comentários e 3,8 mil compartilhamentos.

“Parabéns. Atitude digna de uma empresa séria”, escreveu um. “Parabéns pela atitude!! Por diversas vezes eu vi minha irmã mais nova, que é especial, ter que sair de colégios e estabelecimentos porque ficavam ridicularizando ela e ninguém fazia nada. Ver hoje esse tipo de atitude me faz acreditar que tudo pode ser melhor e que ela pode voltar a sair tranquila um dia”, disse outro.

Com a repercussão negativa do vídeo, Gui já começou a sentir os impactos de suas atitudes inapropriadas. Uma loja que vendia os produtos licenciados pelo músico, também publicou nota explicando que vai deixar de vender qualquer coisa relacionada ao funkeiro. “Não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, principalmente quando se trata de uma criança indefesa”, disse.

Entenda o caso

Na última segunda-feira (21), o cantor MC Gui fez um stories em sua conta no Instagram em um dos trens que dão acesso ao Magic Kingdom, da Disney em Orlando quando começou a tirar sarro com seus amigos da aparência de uma menina por sua fantasia de Boo, de Monstros S.A. da Pixar. A garota que passeava com a família usava uma peruca e se recuperava de um tratamento de quimioterapia.

Um dos amigos do cantor alerta Gui para parar, enquanto a menina, visivelmente constrangida, tenta não encarar os olhares dos rapazes. “Para Guilherme, ela está se sentindo mal já”, disse um amigo. Após a rápida repercussão negativa, o cantor apagou o post e tentou se retratar.

“Alguns sites publicaram que eu estava fazendo bullying com a criança, mas fiquei impressionado porque aqui nos Estados Unidos quando eu chego, vejo pessoas que são muito iguais aos personagens do filme. Postei a menina que estava com o personagem da Boo, e achei impressionante porque estava muito parecido com personagem de filme. A internet está muito chata, eu não fiz bullying com a menina, não preciso ficar me explicando de algo que eu não fiz”, disse.

Mais tarde, MC Gui postou o vídeo abaixo:

https://www.instagram.com/tv/B36CFX9lMe_/?utm_source=ig_embed

Repercussão nas redes sociais

A cantora Jojo Toddynho não se intimidou e respondeu às desculpas do funkeiro e viralizou nas redes sociais também na noite desta segunda-feira (21). Empática com a criança, Jojo afirmou que se fosse com sua filha teria “dado um tapa dentro da sua cara” e exigiu respeito.

https://twitter.com/jmjjkflex/status/1186575372265111555

O vídeo polêmico que viralizou mesmo sendo apagado, levou as tags #McGuiBabaca e #JullyPrincessinDisneyworld como as mais comentadas da manhã desta terça-feira (22) nas redes sociais. A maioria dos seguidores simpatizou com a garotinha, Jully, de 7 anos, e reacendeu discussão contra o bullying.

https://twitter.com/VinniCandido/status/1186616022285115392

https://twitter.com/badlifexv/status/1186614093517656065

https://twitter.com/Matssalves/status/1186593902972882946

Mais notícias