Notícias de Mato Grosso do Sul e Campo Grande

“Isso non ecziste”: Padre Quevedo morre aos 88 anos em Belo Horizonte

Padre ficou famoso com o quadro "O Caçador de Enigmas" do Fantástico

Padre Quevedo, famoso por desmascarar charlatões e pelo bordão “isso non ecziste”, morreu nesta quarta-feira (9) em Belo Horizonte – MG, aos 88 anos em decorrência de problemas cardíacos. Quevedo será enterrado no Cemitério Bosque da Esperança.

Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan ganhou fama no Brasil com quadro O Caçador de Enigmas, no Fantástico, onde renegava posicionamentos supersticiosos de religiosos e condenava paranormais que afirmam que podiam realizar milagres.

No programa, o jesuíta espanhol radicado no Brasil, investigou casas mal-assombradas, comentou premonições envolvendo acidentes, como o caso da queda do Fokker da TAM, e desmascarou gravações “do além”. Em 2003 no ‘Programa do Ratinho” chegou a debater e colocar em cheque Inri Cristo, personalidade que diz ser a reencarnação de Jesus Cristo.

O padre é autor de de 17 livros. Seus livros já foram considerados uma das melhores obras de parapsicologia do mundo por membros da Society for Psychical Research de Londres e a International Foundation of Parapsychology de Nova York.

O velório do Padre Quevedo acontece amanhã, a partir das 8h, na Capela Santo Inácio situada dentro do Campus da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), Bairro Planalto, Belo Horizonte (MG).

Você pode gostar também
Comentários
Carregando...