“Gorduroso, pastoso e desagradável”, é assim que Paola Carosella definiu um hambúrguer vegano

Lanche promete ter gosto e textura de carnel animal, com produtos de origem vegetal

expôs nas redes sociais sua experiência com o hambúrguer vegetariano que diz ter sabor e textura idênticos ao da carne. A chef de cozinha não aprovou o lanche e fez vários comentários negativos em seu Twitter.

“Não é hambúrguer, não tem gosto de carne e nem textura de carne – o que é óbvio pois não é carne”, escreveu. O hambúrguer em questão é famoso por sua aparência e proposta, de trazer o visual e gosto da carne em um lanche totalmente de origem vegetal.

Sem nenhuma trava ao digitar sua opinião, ela soltou o verbo na rede social. “Gorduroso, pastoso, desagradável. Uma bosta ultraprocessada oportunista no momento de mais confusão alimentar da história”.

Os seguidores receberam um recado da jurada do Masterchef: “Se você quer coisas sabor carne, coma carne. Se quer comer plantas, coma plantas com gosto de plantas. E se quer parar o diminuir o consumo de carme, o universo vegetal è gigantesco. Não se deixe enganar”.

As opiniões da chef de cozinha gerou polêmica entre a internet. Alguns seguidores tentaram argumentar dizendo que muitas pessoas paravam de comer carne mesmo gostando do sabor em um ato político. Paola respondeu de forma curta e direta: “Isso não é ato político, é desinformação com pitadas de hipocrisia”.

 

"Gorduroso, pastoso e desagradável", é assim que Paola Carosella definiu um hambúrguer vegano
Mais notícias