Gio Ewbank revela sofrer pressão para ter filhos biológicos

Giovanna Ewbank falou a respeito da maternidade e da pressão que tem sofrido para ter filhos biológicos. A loira, que é mãe de duas crianças adotivas, ressaltou que, ao contrário do que esperam, esse não é o desejo de muitas mulheres.

“Isso é uma convenção imposta pela sociedade. Mesmo sendo comum, não são todas as mulheres que querem e desejam isso para si”, destacou acerca do tema durante um evento universitário.

A famosa ainda relembrou a adoção de sua primeira filha, Titi. “Tudo na minha vida mudou desde que eu a vi. Eu me lembro até hoje da sensação, desse engasgo na garganta, do meu corpo trêmulo”, relatou.

“Eu encontrei a minha filha e minha filha me encontrou, a única certeza que eu tinha é que eu queria protegê-la e amá-la paro resto da minha vida. E eu sabia que ela era a minha filha, eu sentia. Eu sei, ela é a minha filha”, continuou.

Apesar de nunca ter engravidado, a esposa de Bruno Gagliasso fez um comparativo sobre sua relação com a primogênita. “Eu não sei exatamente como é o sentimento de uma mãe quando pega o seu filho pela primeira vez depois do parto, mas arrisco dizer que é muito similar com o que eu senti ali. Porque o meu parto foi naquele chão frio daquele abrigo”, declarou.

Mais notícias