Emocionado, Lucas da Fresno fala sobre indústria da música: ‘moedor de sonhos’

Músicos de outras bandas também foram às lágrimas

O vocalista da Fresno criticou o meio musical durante um evento na UBC (União Brasileira de Compositores). Emocionado, Lucas Silveira classificou a indústria da música como “moedor de sonhos” e também garantiu que “quando o cara não vê ele é engolido”.

Segundo o portal Tenho mais discos do que amigos, o artista ainda deu um recado para os novos músicos.

“Então eu acho muito importante trazer pro próprio artista novo (eu não sei porque to chorando, mas enfim), uma, cara, ‘desencana desse papo de vai dar certo, desencana desse papo de fórmula’. Faz a musiquinha. Faz. Grava de qualquer jeito, lança, tenha cara de pau. Na verdade é só arte. Só a música e mais nada.”

Lucas, que inicialmente ficou conhecido pelo apelido de Paraíba, terminou o discurso emocionado. Alguns integrantes de outras bandas, como a curitibana Mulamba, também foram às lágrimas com o relato do vocalista.

Mais notícias