Publicidade

Dias antes da prisão, Temer e Marcela confraternizam com amigos e comem lanche de pernil

Amiga do casal relembrou época em que a ex-primeira-dama era estudante de Direito

Os últimos dias antes do ex-presidente Michel Temer ser preso em força-tarefa da Lava-jato, na manhã desta quinta-feira (21), foram de tranquilidade. Temer e a esposa Marcela bateram fotos ao lado de amigos durante uma confraternização em uma cafeteria, na região metropolitana de Sorocaba, em São Paulo. Em momento de descontração, o casal comeu lanche de pernil e docinhos.

Conforme divulgado pelo portal Meia Hora, antes da refeição, uma amiga de Marcela Temer relembrou uma foto antiga quando a bacharel em Direito ainda era primeira-dama e falou sobre as dificuldades de ocupar o cargo.

“Muitos julgaram e sequer quiseram conhecer a realidade. Não sabem toda a dificuldade enfrentada em sua posição, sobre seus impedimentos e suas barreiras. Não lhe deixaram ser a mulher que quisesse ser e ainda lhe aplicaram o rótulo de “bela, recatada e do lar” como se não fosse nada mais que isso, não pudesse ser ou fazer mais nada. No que eu mais cresci nesses anos foi em descobrir como as coisas se distorcem e todos dizem o que lhes convêm, e as mentiras acabam virando verdades absolutas. Marcela Temer, obrigada por todas as tentativas, conquistas e mesmo as frustrações que você teve como primeira dama. Pelo que você tentou fazer e fez pelos trabalhos sociais”, escreveu Adriana Haas Villas Bôas.

O noticiário também lembrou que Marcela se formou em Direito em 2009 em uma faculdade privada de São Paulo, mas não prestou o exame da OAB porque engravidou do ex-presidente. Ela, então, preferiu se dedicar a criação do menino e não trabalhou mais.

Mais notícias