Depois de voltar a trabalhar com pedido judicial, Izabella Camargo pede demissão da Globo

A apresentadora foi demitida após voltar de licença por motivos de saúde, entrou na Justiça, voltou a trabalhar na emissora e pediu novo afastamento

A jornalista e apresentadora Izabella Camargo não faz mais parte do grupo Globo, com o qual entrou em briga judicial para voltar a trabalhar após ser demitida depois de uma licença de saúde. A informação foi confirmada pela mesma em entrevista ao TV Fama, da Rede TV! na manhã desta quarta-feira (20). O caso está em segredo de Justiça.

Em outubro de 2018, a jornalista usou uma licença médica para se afastar do trabalho. Na época, ela foi diagnosticada com Síndrome de Burnout, que leva a pessoa a pequenos colapsos por conta da pressão no trabalho. Ao voltar da licença, a jornalista foi demitida.

Em julho deste ano, após uma decisão da Justiça, a Globo teve que recontratar a jornalista. Seu retorno foi marcado por boatos. Ela confessou, no entanto, que o clima entre os colegas de trabalho não estava dos mais agradáveis.

“A vibe é outra, as pessoas te tratam diferente, é óbvio. Foi difícil voltar. Muitas pessoas me questionaram: ‘Como você vai voltar pra um lugar que não te quer?’. Mas não é questão de querer, mas de seguir os protocolos legais”, disse Izabella.

Mais notícias